Páginas

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Na Estrada sem glúten - Belo Horizonte MG - "Comer bem sem glúten"

Estamos na estrada juntos #glutenfreecris e #aventurassemgluten esta de bagagem pronta para buscar onde comer em cada cantinho desse Brasil. Venham conosco!!!
Fizemos uma seleção dos melhores lugares para sua dieta sem glúten, com a hashtag #naestradasemgluten você encontra o melhor em cada capital do Brasil e este mês estamos em BELO HORIZONTE capital mineira famosa por suas mesa farta e saborosa.
Nossa entrevistada de hoje é Regina Coeli proprietária de COMER BEM SEM GLUTEN contando um pouco da historia desse empreendimento que cresce e atende a capital mineira com muito amor.

     
"Comecei a me aventurar pelo mundo “sem glúten” no ano de 2010, quando minha filha foi diagnosticada com doença celíaca. Sempre gostei de cozinhar e inventar receitas, entretanto, todas continham glúten na sua composição. Precisei então, me reinventar na cozinha e adaptar toda a alimentação da minha família à nossa nova realidade. Há 7 anos a culinária sem glúten não era muito difundida no Brasil, as opções eram mais restritas do que temos hoje e os produtos que eram comercializados não agradavam ao nosso gosto.
Em 2015 surgiu a ideia de comercializamos os produtos que consumíamos em casa e que nos agradava. Foi criada então a Comer Bem Sem Glúten com o objetivo de proporcionar principalmente ao público celíaco uma alimentação saborosa, produzida com ingredientes de qualidade e livre de contaminação cruzada."




Em Belo Horizonte você faz o pedido e ela entrega na sua . Está de passagem, então se organiza e faz o pedido pelo telefone  (31) 99487-1106, e leva na sua marmita para os passeios na cidade.
Recomendo o Instituto Inhotim, CCBB – BH e o Por do Sol na Praça do Papa, onde você tem uma vista panorâmica da cidade e atrás a vista da Serra do Curral. Passeios em BH clique aqui.



Quando eu coloco o pé #naestradasemgluten sempre me organizo e entro em contato com o hotel ou pousada, indico uma produção #semgluten da cidade pra garantir o meu café da manhã, e aproveito para falar dos conceitos da #alergiaalimentar #restriçãoalimentar. Assim vamos ganhando espaço e lugar na mesa.

#sem glúten #semleite #semlactose #celíacos


Redação e Edição: Cristina Franco (Canal YouTube)
Colaboradora: Carol Martins (Blog Aventuras sem glúten)



segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Na estrada sem glúten - Belo Horizonte MG Seleva

SELEVE - BELO HORIZONTE

Continuamos na estrada #glutenfreecris e #aventurassemgluten, na busca de onde comer na capital mineira.
Na cidade é possível fazer alguns passeios incríveis como a Praça da Liberdade, Memorial Minas Gerais Vale, CCBB BH, o por do sol na Praça do Papa e uma visita no Instituto Inhotim. Saber mais clique aqui.



Lembre-se sempre de entrar em contato com o Hotel ou Pousada,  informando sua restrição, praticas seguras para não haver contaminação cruzada, e solicitar produtos sem glúten para o seu café da manhã! Pode facilitar se você informar ao Hotel uma loja ou produção local de produtos sem glúten, pense que essa iniciativa fortalece o mercado e ajuda a rede de Hotéis a conhecer as restrições, e o fornecedor da cidade

Os principais pratos típicos da culinária local que você vai encontrar na SELEVE sem glúten e sem leite  são:
  • Pão de queijo: O pão é maravilhoso e duvido e que você diga que é sem queijo.... opa! é queijo vegano e elas arrasam!! – especialmente quando sai quentinho do forno;
  • Doce de Leite: Bolos, tortas, bolinhos, tudo sem glúten, maravilhoso e recheados com doces e cremes de leite de vegetal, recomendo o Muffin de Chocolate, o melhor!!! que já comi na vida.
A Seleve apresenta um cardápio sazonal que movimenta e atende a cidade de BH com muito carinho, como Colombas, Ovos de Páscoa e Panetones Natalinos, tudo sob encomenda, se você programar sua viagem próxima a essas datas aproveite para conhecer.

Inaugurada em 16/07/2016 a frente desta fina Padaria no Bairro de Lourdes estão Ana Tereza (farmacêutica) e Fernanda (nutricionista).


Irmãs apaixonadas pela culinária com um sonho em comum: empreender e levar saúde para as pessoas.   "A nossa introdução na culinária começou na casa da vovó Dulce, uma avó muito doce e paciente, que sempre ensinou tudo na cozinha com muito amor para as netas. Em 2014, decididas a colocar as ideias no forno juntamos o que tínhamos de melhor, amor pela culinária, experiência em saúde e determinação. Optamos por trabalhar com uma linha de produtos funcionais, artesanais, nutritivos, sem glúten, lácteos, proteína da soja e, principalmente, seguros para pessoas com restrição alimentar. Foram muitos estudos, testes e ainda contamos com a consultoria da Chef Funcional Lidiane Barbosa. E assim começa a história da SELEVE."
"Trouxemos para o mercado crescente de produtos saudáveis de Belo Horizonte uma proposta única, fazer da refeição um momento prazeroso, uma experiência a ser lembrada!"
"A Conexão com a dieta sem glúten vai muito além de um produto sem glúten, nossos produtos são artesanais, sem conservantes, sem açúcar branco. Utilizamos muitas farinhas integrais e alimentos com propriedade funcional."
"Apto para Celíacos, conhecem todos os protocolos de segurança em sua produção, também para o serviço da loja. Apresentam uma proposta de oferecer alimentos saudáveis e seguros para celíacos, intolerantes, alérgicos a trigo, leite e soja."
Tudo provado e aprovado pela Cris, parceiro do GlutenFree Cris: "A sugestão das proprietárias são o Combo de Café da manhã, eu particularmente já apreciei adoro sempre que vou a BH."




Agora o carro chefe da casa e preferência dos clientes é o Pão francês.


A Seleve é um espaço tão eclético que pode ser um coringa para qualquer programa a toda hora do dia, ou  mesmo happy hour!!! Elas servem salgadinhos maravilhosos acompanhados de uma boa cerveja sem glúten,  num dos melhores endereços de Lourdes.

Recentemente completaram 3 anos e desejamos VIDA LONGA e saudável para este lugar incrível!!



📌RUA SANTA CATARINA 1424- Lourdes - Belo Horizonte - MG.
segunda a sábado de 7h as 20h (cozinha encerra as 19:30h) Telefone: (31) 3786-4001.
#sem glúten #sem leite #sem soja #celíacos #vegetariano #opçõesvegana











Redação e Edição: Cristina Franco (Canal YouTube)

Colaboradora: Carol Martins (Blog Aventuras sem glúten)

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Na estrada sem glúten - Belo Horizonte MG Néola

BELO HORIZONTE  – NÉOLA

Quarta-feira é dia de post da coluna #naestradasemglúten eu, #aventurassemglúten e a #glutenfreecris. Hoje desembarcamos em BH.
Programe sua viagem para a capital de Minas tranqüilo por que o tempo é sempre firme e ameno, motivo e descrição do nome para esse lugar surpreendente.
Lembre-se sempre de entrar em contato com o Hotel,  solicitar produtos sem glúten para o seu café da manhã, possivelmente informar uma loja ou produção local de produtos sem glúten, pense que essa iniciativa fortalece o mercado e ajuda a rede de Hotéis a nos atender de forma adequada e segura.

Os principais pratos típicos da culinária local são:

    Pão de queijo: A culinária de Minas presenteou o país com o pão de queijo, quitute que perfuma o ambiente e cai bem a qualquer hora – especialmente quando sai quentinho do forno;
    Frango com quiabo: O prato, em geral, refogado na banha de porco, chegou à mesa dos mineiros por influência dos índios;
    Feijão-tropeiro mineiro: A receita, uma mistura de feijão cozido, farinha de mandioca e linguiça, era a alimentação básica dos trabalhadores que transportavam mercadorias em lombo de burro;(Certifique-se que o feijão e a farofa não contém glúten!)
    Leitão à pururuca: A receita trazida pelos portugueses ganhou fama em Minas Gerais pelo sabor e tempero. Em alguns restaurantes, o leitão chega à mesa acompanhado de arroz branco, farofa, feijão-tropeiro e couve; (Certifique-se que o feijão e a farofa não contém glúten!)
    Frango ao molho pardo: Antes de servir, a ave guisada em pedaços é acrescida do próprio sangue, colhido no momento do abate e misturado a vinagre para não coagular. O resultado é um molho escuro – daí o nome do prato;
    Doce de LeitePreparado em uma panela grande, com leite fresco e açúcar, o doce de leite é umas das sobremesas mais tradicionais de Minas;
    Ambrosia: Típica das mesas de Minas, a ambrosia tem ingredientes simples: leite, ovos, casca de limão, açúcar e canela levados ao fogo. Depois de esfriar, a mistura é levada à geladeira para se transformar numa delícia açucarada.

E no meio de tantas delícias encontramos a sobremesa perfeita para sua viagem :  NEOLA.




Conversamos com a Bruna, proprietária da Néola, e ela nos contou um pouquinho de como surgiu seu negócio, que fornece muitas delícias aos celíacos da região. 
"Meu pai descobriu há mais de vinte anos que é celíaco. Desde então a minha família adotou a dieta sem glúten e, como no Brasil pouquíssimas pessoas já tinham ouvido falar disso, sempre viajávamos para o exterior em busca de soluções e técnicas para a produção de alimentos em casa.
Cresci então, na cozinha, vendo minha mãe fazer maravilhosos pães, bolos e quitutes sem glúten e bem mais saudáveis que os tradicionais.
Fui tomando gosto, desde pequena,pelas versões lights, sem glúten e mais naturais de todos aqueles salgadinhos, pães e bolos que comia fora de casa.
Com o passar dos anos, muitos produtos sem glúten chegaram ao mercado, mas, para nós que já vivíamos esta realidade há mais de década, pouquíssimos deles - para não dizer nenhum- eram satisfatórios. Ou muito ressecados, ou muito industrializados, ou sem gosto,ou pobres nutricionalemnte falando... ora muito gordurosos, ora inseguros para celíacos, não conseguimos encontrar opções que substituíssem o que fazíamos em casa há anos.

Além da questão dos produtos, outro fator sempre me incomodou: a "exclusão alimentar". Em festas, aniversários, restaurantes, muitas pessoas não entendem o que é não poder comer determinados alimentos devido à uma restrição alimentar grave e não devido a uma dieta de emagrecimento. Quantos não comentaram: "nossa, você não vai comer nenhum pedacinho de bolo? Nenhum docinho? Sei.. está de dieta, né?". Várias e várias vezes presenciei diálogos assim e sempre me incomodei.
De toda esta bagagem nasceu a Néola ( me chamo Bruna mas meu apelido é Néola - Brunéola ) o sonho de promover a inclusão alimentar, de produzir doces que todos sintam prazer em comer. Doces que provem que sem glúten pode ser bom, muito bom! Inclusive melhor do que os "tradicionais - com glúten".
Pão de mel foi um doce que marcou minha infância e por isso o escolhi como carro chefe. Foram meses de teste até chegar no produto final. O pão de mel Néola é sem glúten, adoçado apenas com mel, reduzido em gorduras e sem conservantes.
Hoje temos os pães de mel individuais que são recheados com doce de leite e cobertos com chocolate, as tortas e bolo. Todos podem ser também sem lactose ou também DIET.

Além da linha de pão de mel, temos também algumas outras tortas como a trufada com caramelo de flor de sal do himalaia e em breve novidades da linha funcional.
Para tortas, bolos e pães de mel diet ou sem lactose, trabalhamos sob encomenda. Para os pães de mel, além de encomendas, temos também alguns pontos de venda como lojas Mundo Verde, lojas especializadas em produtos sem glúten, restaurantes e cafés. " Bruna Rodarte










Curtiu? Bora arrumar as malas e partir para Belo Horizonte? Quando visitar o local poste nas redes sociais nossa hashtag #naestradasemgluten


#sem glúten #celíacos #semlactose


Ficha técnica: 
Néola sem glúten
contato.neolas@gmail.com
(31) 9 8887-3743

Redação e Edição: Cristina Franco (Canal YouTube)

Colaboradora: Carol Martins (Blog Aventuras sem glúten)

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Na estrada sem glúten - Boa Vista RR

Pães e Bolos sem glúten e sem lactose em Boa Vista
é com a "Believe sem glúten e sem lactose"

Essa semana o "Na estrada sem glúten" desembarca em Boa Vista, capital do estado de Roraima, na linda Região Norte do país. Uma cidade planejada, às margens do Rio Branco. As principais avenidas do Centro da cidade convergem para a Praça do Centro Cívico Joaquim Nabuco, onde se concentram as sedes dos poderes executivo, legislativo e judiciário estaduais, além de pontos culturais, hotéis, bancos, correios e catedral.

A culinária local reflete a cultura dos migrantes das regiões Sul, Nordeste e Sudeste, que para lá foram em busca de um novo lar, além da forte presença da cultura indígena. Por isso, a gastronomia local é tão diversificada,  tacacá, maniçoba, acarajé, churrasco gaúcho, vatapá e queijo mineiro fazendo parte de uma mesma culinária, tudo junto e misturado. 

Mesmo com muitos ingredientes naturalmente livres de glúten, o desconhecimento quanto aos cuidados com a contaminação cruzada ainda é grande, por isso, é muito difícil encontrar um local seguro para celíacos desfrutarem dessa gastronomia.

Foi dessa necessidade de produtos seguros e de qualidade, que surgiu a empresa "Believe sem glúten e sem lactose", que fornece pães e bolos lindos e saborosos. A proprietária Tassyla Miranda é celíaca, chegou na cidade há pouco mais de 1 ano e tinha muita dificuldade em encontrar esse tipo de produto, por isso começou a preparar em casa e foi recebendo encomendas. O negócio cresceu e hoje ela fornece para alguns pontos de venda de Boa Vista.

Vejam só que apetitosos os pães e bolos que a Tassyla prepara:

Pão de grãos sem glúten e sem leite

Pão australiano sem glúten e sem leite

Pão macio sem glúten e sem leite

Bolo de banana com canela sem glúten

Pão de hambúrguer

Quem estiver de passagem pela cidade, pode encontrar os produtos da Believe nos seguintes locais:

Loja Be healthy
Rua Coronel Pinto, 508 C, Centro 


Loja Nutri Vida ( Produtos naturais)
Av. Ville Roy, 3681, Canarinho

Mundo Verde Boa Vista 
Roraima Garden Shopping

Zero Lactose 
Rua José Pinheiro, 1523, Liberdade  
   
Eu não sei vocês, mas eu fico muito feliz em consumir produtos fabricados por celíacos, é uma vitória para todos nós ver pessoas tirando de uma dificuldade uma oportunidade de negócios e de grande utilidade para os consumidores. Parabéns, Tassyla! Que seu sucesso seja cada vez maior e sirva de inspiração!

BELIEVE SEM GLÚTEN E SEM LACTOSE
Rua da Gravioleira, 113, Bairro Caçari. Atendimento: das 08:00 até às 19:00 hrs
TELEFONE: (95)99161-6067

Redação e Edição: Carol Martins (Blog Aventuras sem glúten)

Colaboradora: Cristina Franco (Canal YouTube)

terça-feira, 20 de junho de 2017

Na estrada sem glúten - Belém

AS DELÍCIAS DE BELÉM DO PARÁ

Continuamos nossa viagem pelas delícias do projeto #naestradasemglúten Brasil a fora. Dessa vez, desembarcamos em Belém, capital do Estado do Pará, na região Norte.
Em seus 401 anos de história, a capital paraense, segunda mais populosa da região Norte, ficou famosa por sediar um dos maiores eventos religiosos do mundo, o Círio de Nazaré, que ocorre no mês de outubro.
Existem, porém, motivos para visitar Belém o ano todo, pontos turísticos belíssimos como o Mercado Ver-o-Peso, o Theatro da Paz, o Museu Paraense Emílio Goeldi, entre outros monumentos, igrejas e fortificações. Quem gosta de praia também não ficará decepcionado, é possível desfrutar de lindas praias de água doce, com belas orlas e até ondas.

Mercado Ver-o-Peso
A culinária é sempre um atrativo especial em qualquer viagem, e a gastronomia paraense é muito rica, baseada na cultura indígena, utiliza muito os ingredientes da Amazônia, como  camarão, caranguejo, marisco, peixe, caças, pato, suas famosas ervas, chicória, coentro, jambu, pimentas de cheiro. A mandioca não poderia ficar de fora e dá origem à farinha d´água, goma de tapioca e beijus. A tapioca, que hoje é consumida em todo Brasil, lá é chamada de tapioquinha e é muito consumida no café da manhã e lanches da tarde.  Há também o tucupi, caldo amarelo extraído da mandioca, que acompanha carne, peixe, mariscos ou puro.
Os frutos típicos da região são: cupuaçu, bacuri, pupunha, taperebá, jaca, muruci e sapotilha e manga.
O Açaí do Pará é uma grande estrela da culinária local. Mas lá não se consome como nas outras regiões do Brasil, com granola e banana, por exemplo. No Pará, o açaí é prato principal, servido com farinha de mandioca ou farinha de tapioca. (Fonte: BELEMTUR)

Bacuri, fruto típico muito apreciado
Mas nós, celíacos, alérgicos, sensíveis ao glúten, sabemos que devemos ter cuidado redobrado com alimentação e não podemos nos expor em ambientes onde se prepara alimentos com e sem glúten, sem cuidados com a contaminação cruzada. Em Belém, existem 3 restaurantes, onde se pode conhecer a culinária local paraense, sem descuidar de nossa alimentação especial, eles deixam claro em suas redes sociais e sites da internet, serem 100% isentos de glúten. 

São eles:

GRÃO CULINÁRIA SAUDÁVEL
Travessa Dom Pedro I, 546 – Belém
Telefone: (91) 3222-6056
Instagram: @graoculinariasaudavel
Facebook: https://www.facebook.com/pg/graoculinariasaudavel/
Site: graoculinariasaudavel.com
Funcionamento: Segunda a Sábado, das 11h30 às 15h30 e de 17h às 22h15; Domingo, das 11h30 às 16h.
Apresentação: Restaurante 100% funcional, 100% sem glúten e sem lactose. Por uma vida deliciosamente saudável! Dom Pedro, 546, entre Municipalidade e Senador Lemos.
Cardápio: sucos naturais, vitaminas, petiscos, tapioquinhas, crepes, pizzas, sanduiches, omeletes, saladas, pratos à base de carne e frango, risotos, pescados, massas, sobremesas.

Tapioquinha, foto do Facebook do restaurante

Unhas de caranguejo, foto do Facebook do restaurante


RESTAURANTE SANTA ORGÂNICA
Av. Gentil Bittencourt, 1575. Nazaré, Belém
Telefone: (91) 2121-6222
Instagram: @restaurantesantaorganica
Funcionamento: de Domingo e Segunda: 11h30 às 15h00, de Terça a Sábado: 11h30 às 15h00 e 19h00 às 23h00.
Apresentação: Aqui você vai encontrar alimentos limpos, orgânicos, respeitando a sazonalidade dos ingredientes e privilegiando a compra direta do produtor local.
Cardápio: gralhados de carne, frango e peixes, unhas de caranguejo, coxinhas, brusquetas, saladas, pizzas, moquecas, risotos, massas, pratos veganos, sobremesas.

Foto do Facebook do restaurante

Foto do Facebook do restaurante

RESTAURANTE DONA JOANA
Travessa Campos Sáles, 482 - Campina, Belém
Telefone: (91) 8819-5513
Instagram: @donajoanarestaurante
Funcionamento: Segunda à Sábado: das 11h00 às 15h00. Domingo: das 11h00 às 16h00.
Apresentação: Primeiro restaurante 100% livre de glúten da cidade. Temos em nossos produtos ofertados também uma linha de pratos e sobremesas sem lactose.
Cardápio: grelhados, omelete de camarão, saladas, sucos naturais.

Filé de Pescada, foto do Fecebook do Restaurante
Bolinho de chocolate com pêssego.
Foto do Facebook do restaurante.

Pontos de venda de produtos sem glúten:
Nação Verde - Unidade Belém
Avenida Magalhães Barata, 617 - São Braz - Belém - PA - 66060-281
(91) 3118-0006
Funcionamento: de Segunda a Sexta das 8h às 18h. Aos Sábados das 8h às 12h.

Mundo Verde Belém
Travessa 14 Abril, 989 A - Fátima - Belém
Tel/Fax: (91) 3226-8178
Funcionamento: de segunda a sexta-feira das 9h às 19h30 e sábado das 9h às 15h.

Supermercados líder:
Consultar endereços das lojas no site: www.grupolideronline.com.br/


Ficaram aguardos? Bora arrumar as malas e partir para Belém do Pará?


Redação e Edição: Carol Martins (Blog Aventuras sem glúten)

Colaboradora: Cristina Franco (Canal YouTube)